Fundo Solar

Conheça as regras

Parceria entre o Instituto Ideal e o Grüner Strom Label incentiva a microgeração distribuída no Brasil através do apoio financeiro a consumidores residenciais e empresários para a instalação de geradores fotovoltaicos com até 5 kW de potência  

Fundo Solar

A primeira fase do Fundo Solar está encerrada. Qualquer atualização sobre novas fases serão amplamente divulgadas no site do Instituto Ideal, no qual você pode se cadastrar em nossa Newsletter para receber as informações diretamente em seu email (veja o rodapé da home do Instituto Ideal). 

Desde 2012 qualquer pessoa pode gerar sua própria eletricidade a partir de fontes alternativas de energia (entre elas a solar), conectar seu sistema a rede de distribuição e, com isso, reduzir a sua conta de luz a longo prazo. Com tanto sol no Brasil e áreas disponíveis em nossos telhados, a geração fotovoltaica tem um grande potencial, porém o custo ainda pode ser uma barreira para muitos consumidores.

O Fundo Solar foi criado justamente para ajudar a suprir essa lacuna. Com ele, consumidores residenciais e empresários poderão obter apoio financeiro para instalar um microgerador fotovoltaico com uma potência de até 5 kW, desde que o mesmo esteja conectado à rede, integrado a uma edificação e participe do sistema de compensação de energia (conforme previsto na Resolução 482/2012 da ANEEL). Aproveitar a energia do Sol através da integração de microgeradores fotovoltaicos às edificações é uma boa opção para, a longo prazo, melhorar a segurança no abastecimento de eletricidade e o crescimento sustentável da produção energética no Brasil.

O Fundo Solar é uma iniciativa do Instituto Ideal em parceria com o Grüner Strom Label (Selo de Eletricidade Verde da Alemanha) e conta com o apoio da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH.

Como funciona?

Consumidores residenciais e proprietários de comércio e pequena indústria poderão solicitar o apoio do Fundo Solar, tendo apenas que enviar a documentação descrita nas Diretrizes do Fundo Solar (clique aqui para baixá-la).

O valor do apoio financeiro varia caso a caso, dependendo da localização onde o microgerador for instalado e do custo total do investimento. Isto porque, para avaliar a viabilidade econômica do seu microgerador, serão levados em conta os valores da tarifa de eletricidade vigente que você paga à distribuidora e do nível de radiação solar da sua cidade. Nessa primeira fase, o fundo possui um total de 25.000,00 euros (R$ 65.000,00). Cada projeto poderá receber no mínimo R$ 1.000,00 e, no máximo, R$ 5.000,00.

Quais são os critérios?

    • Somente para projetos ainda não instalados. A solicitação ao Fundo Solar deve ser aprovada antes do sistema fotovoltaico ser adquirido e estar em funcionamento.
    • O apoio financeiro para sistemas fotovoltaicos conectados à rede se destina a consumidores residenciais e proprietários de comércio e pequena indústria.
    • O sistema fotovoltaico deve ser conectado à rede e participar no sistema de compensação de energia elétrica (net metering) segundo a Resolução Normativa 482/2012 da ANEEL.
    • A potência instalada do microgerador não deve exceder 5 kWp.
    • O sistema fotovoltaico deverá estar integrado a uma edificação localizada em qualquer parte do território brasileiro.
    • Apenas projetos desenvolvidos por empresas capazes de provar a sua experiência ou qualificação como instaladores solares serão aceitos.
    • O sistema fotovoltaico deve entrar em funcionamento dentro de 180 (cento e oitenta) dias após a assinatura do Termo de Compromisso entre o solicitante e o Instituto Ideal

Como obter o apoio do Fundo Solar?

Conheça os procedimentos para receber o apoio financeiro do Fundo Solar nas Diretrizes do mesmo. Obs.: Use navegador Mozilla Firefox ou Internet Explorer para download do Anexo I e Anexo II.

Faça o download das Diretrizes do Fundo Solar: Apoio a microgeração fotovoltaica 

Faça o download do Anexo I – Formulário de Solicitação do Apoio Financeiro para Pessoas Físicas

Faça o download do Anexo II – Formulário de Solicitação do Apoio Financeiro para Pessoas Jurídicas

Sistemas Apoiados

Confira o mapa com os sistemas fotovoltaicos que receberam o apoio do Fundo Solar, clicando aqui.

Fundo Solar: De onde vem os recursos?

Por quê apoiar projetos no Brasil?

Saiba mais sobre as instituições parceiras

Subir